domingo, 22 de janeiro de 2017

Brasil é líder em número de presos por habitante na América do Sul

© Fornecido por New adVentures, Lda.
O Brasil deixou o quinto lugar para ser o líder no ranking de maior número de presos por habitante na América do Sul em um período de apenas cinco anos. As informações são do Institute for Criminal Policy Research, um projeto ligado à Universidade de Londres.

Segundo informações do UOL, o Brasil tinha 496.251 presos no ano de 2010. Este número representaria uma média de 253 detentos para cada 100 mil moradores. Já o relatório do ano passado mostra que a média cresceu em 20%, ou seja, 301 detentos para cada 100 mil habitantes. O número total de presos em 2016 era de 607.731.

Em apenas cinco anos, o Brasil passou os países Chile, Guiana Francesa, Guiana e Uruguai e virou líder do ranking de maior número de presos na América Latina.


Ainda de acordo com a reportagem, o país não estava nem entre os cinco primeiros colocados neste ranking em 2010. A média, neste período, era de 133 presos por 100 mil habitantes.

Notícias Ao Minuto

PCC ameaça atacar ruas se rivais não saírem de Alcaçuz, no RN

© image/jpeg
Em vídeo publicado pelo portal UOL, supostos integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) ameaçam levar às ruas o conflito que já matou mais de 120 detentos em presídios das regiões Norte e Nordeste do país.

“Tire todos os Sindicato [sic] da unidade de Alcaçuz, ou essa guerra vai se estender na rua e em outros demais Estados do Brasil contra os órgãos públicos, policiais de todas as categorias”, afirma comunicado da facção lido por um integrante em vídeo obtido pelo jornalista Carlos Madeiro, para o portal UOL.

O grupo se refere à facção Sindicato do Crime, com quem o PCC disputa o controle na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na Grande Natal (RN), desde o último sábado (14). Ao menos 26 detentos morreram em confrontos.

A situação é crítica no presídio, que foi palco para uma batalha campal entre os presos em diversas ocasiões ao longo da semana. Neste sábado, a série de rebeliões na unidade completa seu oitavo dia – e a situação parece longe de ser resolvida.

Por  volta das 10h50 deste sábado, a Polícia Militar entrou em Alcaçuz para erguer um muro de contêineres com o objetivo de separar as duas facções, de acordo com informações do portal G1.

No vídeo, o grupo que se assume como parte do PCC afirma que existem vários documentos nas mãos dos secretários de segurança e do sistema prisional pedindo a separação das duas facções.  Já era para estarmos separados desde o último confronto ocorrido em Caicó”, afirma o integrante.

Desde o início dos confrontos, mais de 200 presos foram transferidos para outras unidades do estado.

“Estaremos preparados no sistema e na rua. Se mexerem como nossos familiares, responderemos à altura. Somos o crime organizado no Brasil, e os governantes sabem disso”, diz o homem que lê a mensagem no vídeo.

Por Talita Abrantes – Exame.com

Apostador de Itanhaém leva mais de R$ 28 mi na Mega-Sena

Um apostador de Itanhaém (SP) acertou as seis dezenas do concurso 1896 da Mega-Sena sorteadas neste sábado (21), em Teófilo Otoni (MG). Ele levará R$ 28.783.383,17. De acordo com a Caixa Econômica Federal, o prêmio para o próximo concurso deve chegar a R$ 2,5 milhões. Os números sorteados foram: 03, 06, 14, 15, 21 e 25. 

sábado, 21 de janeiro de 2017

8ª Cavalgada São Sebastião

Programação do Terceiro dia dos festejos a São Sebastião - 21/01/2017

12:00 hs: Oficio de nossa Senhora

18:30 h: Terço Mariano (Legião de Maria e Mãe Rainha)

19:00 hs: Novena

Celebrante: Padre Gerônimo

Participação: Legião de Maria, Mãe Rainha e Afilhados 10.

Padrinhos: Josadabe Medeiros Nascimento e José Jailson de Medeiros.

Madrinhas: Maria de Lourdes M. Pimenta e Ivina Laíssa A. de Medeiros.

Aniversariantes do Dia - 21/01/2017



PM entra em Alcaçuz para erguer muro de contêineres e separar presos

Veículo blindado da PM foi o primeiro a entrar no presídio
(Foto: Fred Carvalho/G1)
A Polícia Militar entrou na Penitenciária Estadual de Alcaçuz por volta das 10h50 (horário de Brasília) deste sábado (21) para erguer um muro de contêineres. O objetivo é separar presos de duas facções que estão rebelados e se confrontando há oito dias dentro do presídio – o maior do Rio Grande do Norte. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

No fim de semana passado, durante a invasão de um pavilhão, pelo menos 26 detentos foram mortos. Na quinta (19), após novo enfrentamento, muitos presos ficaram feridos. A PM confirma que há novos mortos dentro da unidade.

Por volta das 11h30, o primeiro contêiner foi transportado para dentro da unidade. A unidade foi ocupada por membros do Batalhão de Choque durante a manhã. Não houve confrontos neste sábado.

Como medida paliativa, containers serão usados para separar
 presos de facções rivais (Foto: Fred Carvalho/G1)
Participam da ação o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Batalhão de Choque (BPChoque) e Grupo de Operações Especiais (GOE). O helicóptero Potiguar 1, aeronave da Secretaria de Segurança Pública, também está sobrevoando Alcaçuz. No início da operação, os policiais chegaram a usar bomba de efeito moral para evitar qualquer reação dos presos.

A barreira a ser montada com contêineres, segundo o governo, é uma medida temporária até que um muro definitivo seja construído dividindo os pavilhões 1, 2 e 3 (ocupados por membros do Sindicato do RN) dos pavilhões 4 e 5 (dominados pelo PCC). Informações do G1 RN.

Saques ao FGTS poderão ser feitos a partir de março

Tida como uma das medidas mais populares do governo Temer, a liberação do saldo de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) já tem data prevista para começar. Em 13 de março, uma primeira leva de trabalhadores poderá sacar os recursos, de acordo com fontes ouvidas pelo GLOBO. E, até o dia 31 de julho, todos os brasileiros que têm dinheiro nessas contas poderão fazer o resgate do montante acumulado nos anos de serviço. O governo espera que 15 milhões de pessoas realizem os saques. Ao todo, R$ 30 bilhões devem entrar em circulação na economia brasileira com a medida, o equivalente a 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB, a soma de bens e serviços produzidos no país).

Governador do RN prevê fechar Alcaçuz: "história maldita"

© Fornecido por New adVentures, Lda.
O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, admitiu a possibilidade de fechar o presídio de Alcaçuz, onde mais de 26 pessoas foram mortas em um motim que já dura seis dias. Faria disse ainda que a penitenciária tem uma "história maldita".

"Estamos com a construção de dois novos presídios, um terceiro virá com dinheiro do presidente Temer, que ele enviou, do Fundo Penitenciário. Se tiver uma condição de que com esses três novos presídios, nós possamos suprimir e apagar a história maldita de Alcaçuz, nós iremos acabar com Alcaçuz", disse Faria, após se reunir com o ministro da Defesa, Raul Jungmann.

O governador ainda chamou de "equívoco" a construção da penitenciária em área de dunas, onde presos podem enterrar objetos.

"Foi um grande equívoco na época construir um presídio em cima de uma duna. Acho muito melhor fazer um deslocamento [da penitenciária], ali hoje é uma área turística, tem muitas casas no entorno, tem lagoa, tem praia. Não cabe mais um presídio. Tem que levar para muito mais distante, isolada", disse ele.

Faria afirmou ainda que neste sábado (22) o governo começará a construir um muro no presídio para separar as duas facções, Sindicato do Crime e Primeiro Comando da Capital, que se enfrentam há quase uma semana.

Até domingo (22), 1.846 homens do Exército estarão nas ruas de Natal fazendo policiamento -nesta sexta, já havia 650 deles. "Vamos proteger os principais pontos estratégicos, como hospitais e aeroportos, e com isso garantir a normalidade", disse ele.

Uma série de ônibus foi incendiada na cidade na quarta-feira (18). Segundo Faria, a polícia já prendeu 16 suspeitos, que são ligados a facções criminosas, segundo ele."Não tivemos nenhum policial ferido ou morto, não tivemos nenhuma baixa de inocente, de pessoas nada a ver com o crime. Não tivemos reféns. Ou seja, foi meramente uma briga entre duas facções muito violentas", afirmou. Com informações da Folhapress.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Trump toma posse como novo presidente dos Estados Unidos

Os organizadores estimam que cerca de um milhão de pessoas compareceram à posse de Trump  como o 45º presidente dos Estados Unidos Scott Olson/Getty Images North America/AFP/Direitos Reservados
O novo mandatário dos EUA, Donald Trump, está sendo empossado, neste momento, como o 45º presidente dos Estados Unidos, junto com o vice-presidente eleito Mike Pence. Eles estão prestando juramento ao juiz John Roberts, que preside a solenidade. A cerimônia, que está sendo transmitida ao vivo para todo o mundo, ocorre no Capitólio, o prédio do Congresso norte-americano. Segundo os organizadores, entre 900 mil e 1 milhão de pessoas, vindas de todo o país e do exterior, estão em Washington para assistir à posse.
Poucos minutos antes da posse, ativistas mascarados destruíram carros e quebraram vidraças de lojas em ruas da capital norte-americana, longe do Capitólio. Eles levaram bandeiras anarquistas pretas e cartazes com os dizeres: "Junte-se à resistência. Lute agora". A polícia usou spray de pimenta para evitar que os ativistas continuassem com as depredações nas ruas.
Agência Brasil