segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Comissão de Educação aprova bolsas integrais de cursos a estudantes carentes


A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou, esta semana, projeto relatado pelo deputado Rafael Motta (PSB) que prevê a concessão de bolsas de estudos integrais de cursos de idiomas ou de informática a estudantes carentes (PL 5228/16). A proposta beneficia brasileiros sem diploma de curso superior e com renda familiar mensal per capita de até um salário mínimo e meio.
Rafael Motta apresentou parecer favorável ao texto. Segundo ele, conhecimentos em áreas como línguas estrangeiras e novas tecnologias da informação são bastante úteis para inserção mais rápida no mercado de trabalho, bem como ascensão a melhores posições.
“O foco da iniciativa em brasileiros que não possuem escolaridade em nível superior e posicionados nos estratos inferiores de renda também nos parece acertada”, destacou Rafael em sua fala na Comissão.
Segundo o projeto, apresentado em 2016 pelo deputado Alfredo Nascimento (PR), a bolsa valerá para a semestralidade, sendo concedido prazo máximo de quatro semestres para que o bolsista termine o curso. O benefício poderá ser condicionado a boas notas do aluno, a critério da instituição de ensino.
A instituição de ensino de línguas ou de informática que conceder a bolsa deverá assinar termo de adesão com o poder público, comprometendo-se a preencher pelo menos 10% de suas vagas com estudantes bolsistas integrais. Em troca, a escola será beneficiada com isenção parcial de imposto de renda de pessoa jurídica incidente sobre o lucro, proporcional ao percentual de vagas preenchidas com alunos bolsistas.
Agora RN

No RN, 26,3% dos inscritos faltam ao segundo dia de provas do Enem 2018

No RN, 26,3% dos candidatos inscritos faltaram ao segundo dia do Enem 2018 — Foto: Ananda Migliano/Estadão Conteúdo

O segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 registrou a ausência de 26,3% dos candodatos inscritos no Rio Grande do Norte, segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Neste ano, 124.047 estudantes se inscreveram para fazer o Enem no RN.

Nacionalmente, o Enem registrou 1.610.681 ausências, o que representa 29,2% do total de 5.513.749 inscritos na edição. A abstenção, entretanto, é um dado que contempla os dois dias de aplicação e será divulgada após a conferência das atas de todos os locais de prova.

Neste domingo, as provas foram de Matemática e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Os gabaritos e Cadernos de Questões serão liberados em 14 de novembro, no site do Enem.

Os resultados estão programados para 18 de janeiro de 2019.

G1 RN

Enem deste domingo tem 66 eliminados e 1,6 milhão de ausentes


No segundo domingo de provas, 1.610.681 estudantes faltaram ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o que representa 29,2% dos 5.513.726 inscritos. O índice é maior do que o do domingo passado, que foi de 24,9%, mas é menor que as taxas registradas no segundo dia de provas em 2016 e 2017. 

O ministro da Educação, Rossieli Soares, afirmou ser normal o aumento de ausências no segundo dia do exame. “O número de ausências foi menor que nos últimos anos, mas é um pouco maior do que no primeiro dia, o que é normal. Às vezes, o aluno não tem o desempenho que deseja ou imagina e acaba não indo no segundo dia”, argumentou.

sábado, 10 de novembro de 2018

Segunda prova do Enem é neste domingo; confira o que levar e não levar

Agência Brasil

As provas do Enem 2018 voltam a ser aplicadas neste domingo, 11. Os candidatos vão responder as questões sobre ciências da natureza e matemática. Ao todo, 5.513.726 estudantes estão inscritos. No último domingo, 4, 4,1 milhões de estudantes fizeram o exame, registrando-se o menor percentual de faltosos desde 2009 – 24,9% do total de 5,5 milhões de inscritos. Foram aplicadas provas de linguagem, ciências humanas e redação.

O que pode levar

 Documento oficial e caneta: os participantes deverão levar um documento oficial de identificação original, com foto e caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Os dois itens são os únicos obrigatórios para o exame. Os documentos válidos são as carteiras de Identidade expedidas por secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar e Polícia Federal; Carteira de Trabalho e Previdência Social; passaporte; Carteira Nacional de Habilitação, com fotografia e identidade funcional. Outros documentos específicos podem ser consultados na página do Enem.
 Lanche: os estudantes podem levar um lanche. Caso seja caseiro e não esteja embrulhado em material transparente como papel filme, ele será fiscalizado antes de ser liberado.
– Cartão de Confirmação: é aconselhável levar o Cartão de Confirmação de Inscrição impresso. No cartão constam o local de prova do estudante, além da opção de língua estrangeira escolhida e, se for o caso, atendimento específico ou especializado solicitado. O cartão pode ser acessado na Página do Participante ou pelo aplicativo do Enem 2018, disponível para download na App Store e na Google Play. É preciso informar o CPF e a senha cadastrada na inscrição.
– Declaração de Comparecimento: os estudantes poderão levar também a Declaração de Comparecimento impressa para assinatura do chefe de Sala, caso precise do documento para justificar, por exemplo, falta no trabalho. A declaração está disponível também na Página do Participante.

O que não pode levar

– Itens proibidos no Enem: borracha; caneta de material não transparente; corretivo; dispositivos eletrônicos, como wearable tech, calculadoras, agendas eletrônicas, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, gravadores, pen drive, mp3, relógio e alarmes;  fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados imagens, vídeos e mensagens; impressos e anotações; lápis; lapiseira; livros e manuais.
– Antes de entrar na sala de prova, os participantes deverão guardar no envelope porta-objetos, fornecido pelo aplicador, o telefone celular e quaisquer outros equipamentos eletrônicos desligados. Também deverão ser guardados todos os itens proibidos no Enem.
– Segundo o Inep, o envelope porta-objetos deverá ser lacrado e identificado pelo participante antes de ingressar na sala de provas, e ser mantido até a saída definitiva do local de provas debaixo da carteira durante a realização das provas.
– Carteiras de identidade digitais não poderão ser usadas no exame. Isso porque haverá três checagens de identidade e uma delas ocorrerá durante a prova, quando o uso do celular é proibido.
Agência Brasil

Com 53 vagas, edital de concurso para Controladoria Geral do Estado é lançado

Biné Moraes / Estadão

Foi publicado na edição deste sábado do Diário Oficial do Estado o edital para o concurso público da Controladoria Geral do Estado, que pretende preencher 53 vagas no órgão. Os cargos em disputa são para Analista Contábil (30 vagas) e Técnico de Controle Interno (23 vagas).
Segundo o edital, as inscrições para o certame serão iniciadas nesta terça-feira, 13, e encerradas no dia 16 de dezembro na internet. Quem se candidatar terá de arcar com a taxa de inscrição, que está estipulada em R$ 90 para ambos os cargos.
Os salários são de R$ 4.295,63, sendo R$ 3.095,63 de vencimento e R$ 1.200,00 de gratificação por desempenho. Cada um dos 53 aprovados terão de trabalhar 40 horas semanais. A banca organizadora do concurso é o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).
Clique aqui e confira o edital completo.
Agora RN

Homem morre e candidato a prefeito de Guamaré fica ferido em acidente com três carros na BR-406, no RN

Candidato Adriano Diógenes e o motorista dele, Vânio Morais, estavam em um HB20. Feridos, ambos foram socorridos para Natal — Foto: Cedida

Um homem morreu e outros dois ficaram feridos na noite desta sexta-feira (9) em um acidente envolvendo três carros na BR-406, em Ceará-Mirim, cidade da Grande Natal. Entre os feridos está o candidato a prefeitura de Guamaré, cidade da região salineira do estado, em eleição complementar marcada para o dia 9 de dezembro. Já o homem que morreu, foi identificado como Severino Batista de Oliveira, de 53 anos.

O candidato é Adriano Diógenes (MDB). Ele, que é ex-secretário de Saúde de Guamaré, estava com o motorista dele, Vânio Morais. Ambos foram socorridos ao Hospital Santa Catarina, na Zona Norte da capital, e não correm risco de morte.

O acidente aconteceu por volta das 19h30, no km 147 da rodovia, em frente ao estádio Barretão. Foram duas colisões. A primeira entre uma Strada, onde estava Severino, e um HB20, onde seguiam viagem Adriano e o motorista. Após a batida, também acabou colidindo uma Veraneio. O motorista dela sofreu ferimentos leves.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a primeira batida foi provocada por uma ultrapassagem forçada feita pelo condutor da Strada, que morreu ainda no local.

Em nota, a prefeita de Guamaré manifestou solidariedade às vítimas e disse que está à disposição para colaborar com o que for necessário. Diva Araújo ainda agradeceu as equipes do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Samu e Polícia Rodoviária Federal.

G1 RN

Corregedor abre processo sobre indicação de Moro superministro de Bolsonaro


O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, decidiu nesta sexta-feira (9) pedir explicações ao juiz federal Sérgio Moro sobre a sua escalação para comandar o superministério da Justiça no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Moro terá 15 dias para apresentar esclarecimentos sobre a indicação, alvo de contestações no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apresentadas pela Associação Brasileira de Juristas pela Democracia, por deputados federais e senadores do Partido dos Trabalhadores e por um morador do Paraná chamado Benedito da Silva Junior.

As diversas contestações foram todas reunidas em um mesmo processo, "visando a evitar a repetição de atos processuais, causando demora indevida na tramitação e desperdício de recursos humanos e materiais", segundo o corregedor. Por determinação de Martins, o caso tramitará sob segredo de Justiça.

Por que suas mensagens no WhatsApp poderão ser apagadas para sempre na 2ª feira

© Getty Images A partir de 12 de novembro, usuários do WhatsApp no sistema Android poderão perder todos os arquivos antigos caso não tenham feito backup

Você usa WhatsApp e tem o sistema operacional Android no seu celular? Então, é melhor fazer uma cópia de segurança das suas mensagens o quanto antes. 

O Android é o sistema operacional da maior parte dos celulares Samsung, por exemplo.

A partir do dia 12 de novembro, todas as mensagens de WhatsApp que não estejam guardadas serão apagadas para quem não usa o sistema operacional da Apple, o iOS.

O anúncio se deve a um acordo feito entre o WhatsApp (que pertence ao Facebook) e o Google para permitir que todas as conversas, fotos e vídeos enviados pelo aplicativo possam ser armazenados no Google Drive, o serviço de hospedagem de arquivos do buscador, sem consumir espaço da conta do usuário.

A má notícia é que, se você não fez uma cópia de segurança das mensagens nos últimos 12 meses, o WhatsApp apagará todas as suas mensagens antigas, assim como todos os vídeos e fotos. Em muitos celulares, as mensagens são armazenadas de forma automática, periodicamente.

Em um comunicado na página do WhatsApp na internet, a empresa explicou que "para evitar a perda destes dados, recomendamos que se faça uma cópia de segurança dos seus dados no WhatsApp antes do dia 12 de novembro de 2018".

A mudança só afetará usuários de Android, pois o WhatsApp já tem acordo com a Apple para que os usuários de iPhone possam guardar seus dados na nuvem iCloud.

"Você pode guardar suas mensagens e arquivos multimídia no Google Drive e, caso mude para outro telefone Android, poderá recuperar os arquivos", disse o WhatsApp a respeito do acordo com o Google.

A empresa recomenda, ainda, que se conecte o telefone a uma rede Wi-Fi antes de fazer a cópia de segurança no Google Drive, uma vez que "o arquivo pode variar de tamanho e consumir uma grande quantidade de dados móveis, gerando cobranças por parte da operadora de telefonia". Informações da BBC News.

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Sem mexer na Constituição, reforma de Bolsonaro atinge mais INSS

© DR

Os trabalhadores da iniciativa privada podem ser os mais afetados pela reforma da Previdência que deve ser feita por Temer e Bolsonaro. Sem alterar a Constituição, as mudanças atingirão menos os servidores públicos, segundo a Folha de S. Paulo.

O tempo curto até o fim do ano e o pouco apoio no Congresso fazem com que o atual presidente e o presidente eleito possam recorrer a um projeto de lei ou medida provisória para solidificar a proposta.

A aprovação da medida, embora considerada boa sinalização para o mercado, vai de encontro ao discurso de que é necessário acabar com privilégios, adotado tanto por Temer quanto por Bolsonaro.

Dentre as principais mudanças possíveis, uma diz respeito às regras dos trabalhadores vinculados ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Sem mexer na Constituição, algumas das alterações que podem ser feitas por votação simples são a extinção da fórmula 85/95, o aumento da contribuição mínima para se aposentar por idade (hoje em 15 anos) e mudanças nas regras de cálculo de pensão por morte, por exemplo.

Notícias Ao Minuto

Prefeito de Japi lamenta falecimento de Antônio Bulino


O prefeito Jodoval Pontes lamenta a morte do senhor Antônio Tolentino de Alustau, conhecido pela comunidade como ''Antônio Bulino''. O aposentado faleceu, aos 74 anos, na noite desta quinta-feira (08) no Hospital Municipal Torquata Leopoldina da Costa, em Japi. O velório ocorre em sua residência, na rua Virgílio Costa, e o sepultamento será às 16h de hoje. Antes, porém, haverá uma missa na igreja de São Sebastião. Antônio era católico praticante e membro da pastoral Terço dos Homens.

''Neste momento de dor, deixo minhas condolências à família e amigos do Antônio Bulino. Além de uma figura carismática e prestativa à sociedade japiense, Antônio também era um dos grandes amigos que conquistei durante minha caminhada. É com pesar que recebi esta notícia, desejando que a paz que excede todo o entendimento esteja sobre essa família'', declarou Jodoval que determinou a decretação de Luto Oficial por três dias.

Blog do Joabson Silva