sexta-feira, 17 de dezembro de 2021

Cobras imobilizam funcionário do Instituto Vital Brazil, RJ; veja vídeo

 

'Fiquei tranquilo', disse funcionário imobilizado. Biólogo e a cobra estão bem e não se machucaram.


Duas serpentes píton imobilizaram um funcionário do Instituto Vital Brazil, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Ele atuava no serpentário, quando as serpentes se enroscaram na perna dele.


Wanderley Rodrigues afirmou que ficou tranquilo e que os animais poderiam apertar mais se ele fizesse força. O funcionário é um dos responsáveis pela alimentação e manutenção das serpentes.

"Fiquei tranquilo, pois todos aqui do Serpentários somos treinados para esse tipo de situação. Sabia que, se fizesse força, a cobra poderia apertar mais. Ficou tudo bem no final. Eu e a cobra estamos bem", disse Wanderley Rodrigues.


Moraes manda caminhoneiro bolsonarista para prisão domiciliar em SC e exige tornozeleira

 

Marcos Antônio Pereira Gomes foi alvo de mandado de prisão expedido pelo STF, em ação que investiga incitação a atos violentos e ameaçadores contra a democracia.




O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou o caminhoneiro bolsonarista Marcos Antonio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, para a prisão domiciliar e determinou o uso de tornozeleira eletrônica . A decisão foi publicada nesta sexta-feira (17). Ele estava preso em Joinville, no Norte catarinense, desde 26 de outubro, quando se apresentou à Polícia Federal. A prisão preventiva foi determinada pelo STF, em ação que investiga incitação a atos violentos e ameaçadores contra a democracia.

Instagram vai permitir incorporar página de um perfil em sites da web


 

O Instagram receberá um recurso que permite ao usuário incorporar a miniatura do seu perfil em sites. O objetivo é possibilitar a exibição dos posts mais recentes em páginas da web, como forma de mostrar suas atividades recentes na rede social.

O anúncio foi feito pelo chefe do Instagram Adam Mosseri, nesta sexta-feira (17), por um vídeo publicado no Twitter. O executivo destacou que as pessoas já conseguem incorporar fotos e vídeos da rede em sites há alguns anos, mas não tinha como fazê-lo com o feed.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2021

Censo 2022: IBGE lança quatro editais para 208,7 mil vagas; veja requisitos, salários e como participar


 Nos últimos dias, o IBGE lançou quatro editais para o total de 208.703 vagas. Só para recenseador são 183.021 vagas. As demais são para agentes e coordenadores censitários.


Agente Censitário de Administração e Informática

  • Total de vagas: 1.781
  • Remuneração: R$ 1.700
  • Previsão de duração do contrato: 5 meses
  • Requisito: nível médio de escolaridade
  • O que faz: responsável pelo suporte às atividades administrativas e de tecnologia da informação necessárias ao funcionamento das coordenações de subárea do Censo Demográfico 2022, as quais responderão pelas contratações, pagamentos, suprimentos e apoio de serviços de informática aos postos de coleta e suas equipes de supervisores e recenseadores distribuídos em todos os municípios.
  • Locais das vagas: 1.084 municípios em todas as unidades da Federação
  • Prazo de inscrições e taxa: até 10 de janeiro de 2022; R$ 44
  • Data da prova: 20 de fevereiro de 2022
  • Previsão de contratação: a partir de 29 de março de 2022
  • Edital e link para inscrições: https://www.ibfc.org.br/concurso/concurso_selecionado/382

Coordenador Censitário de Área

  • Total de vagas: 31
  • Remuneração: R$ 3.677,27
  • Previsão de duração do contrato: 7 meses
  • Requisitos: nível médio de escolaridade e carteira nacional de habilitação definitiva ou provisória, no mínimo categoria B, no prazo de validade
  • O que faz: responsável pela coordenação, supervisão e controle das atividades realizadas pelas equipes contratadas para a execução da coleta de dados nos recortes territoriais definidos para o Censo Demográfico 2022.
  • Locais das vagas: 31 municípios nos estados de Alagoas, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Rondônia, Roraima, São Paulo e Tocantins
  • Prazo de inscrições e taxa: até 10 de janeiro de 2022; R$ 66
  • Data da prova: 20 de fevereiro de 2022
  • Previsão de contratação: a partir de 29 de março de 2022
  • Edital e link para inscrições: https://www.ibfc.org.br/concurso/concurso_selecionado/381


sábado, 21 de agosto de 2021

Dez ex-ministros pedem a Pacheco para rejeitar pedido de Bolsonaro contra Alexandre de Moraes

 

Manifesto é assinado por ministros da Justiça e da Defesa dos governos FHC, Lula, Dilma e Temer. Presidente Jair Bolsonaro enviou ao Senado pedido de impeachment de ministro do STF.

Dez ex-ministros da Justiça e da Defesa assinam um manifesto ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), no qual pedem a rejeição do pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

O manifesto dos ex-ministros foi divulgado neste sábado (21) — leia a íntegra ao final desta reportagem.

Na véspera, o presidente Jair Bolsonaro apresentou o pedido de impeachment ao Senado. No mesmo dia, o STF divulgou nota de repúdio.

“É imperioso dar de plano fim a esta aventura jurídico-política, pois o contrário seria sujeitar o nosso Judiciário a responder a um processo preliminar no Senado Federal para atender simples capricho do presidente que vem costumeiramente afrontando as linhas demarcatórias da Constituição”, escreveram os ex-ministros.

terça-feira, 10 de agosto de 2021

Corre lá e surpreenda-se! temos vários modelos de portões e preços incríveis! Faça já seu orçamento com nosso amigo Din dos portões.


 


 

 

Novo Bolsa Família: entenda os principais pontos da proposta enviada pelo governo.

 


Medida provisória entregue ao Congresso revoga o Bolsa Família para criar o Auxílio Brasil, pacote composto por nove benefícios. Valor dos pagamentos ainda não foi definido.

 

O presidente Jair Bolsonaro entregou nesta segunda-feira (9) ao Congresso Nacional uma medida provisória que revoga o programa Bolsa Família e cria um novo programa chamado Auxílio Brasil.

A MP foi publicada no "Diário Oficial da União" desta terça-feira (10). Ela entra em vigor e tem força de lei, mas precisa ser aprovada por deputados e senadores em até 120 dias para valer de forma definitiva.

A intenção, segundo o governo, é de iniciar os pagamentos desse novo programa em novembro. Os novos valores ainda não foram anunciados e geram divergência entre a ala política e a ala econômica do governo.

O presidente Jair Bolsonaro prometeu um aumento de, no mínimo, 50% no valor médio do Bolsa Família, que atualmente é de R$ 189.

A MP entra em vigor ao ser publicada no “Diário Oficial da União” e tem força de lei, mas precisa ser aprovada por deputados e senadores em até 120 dias para valer de forma definitiva.

Dentro do novo programa de transferência de renda, segundo o Ministério da Cidadania, há nove modalidades diferentes de benefícios.

Três destes benefícios formam o "núcleo básico" do Auxílio Brasil e devem entrar em vigor em 90 dias, segundo o governo. São eles:

  • Benefício Primeira Infância: para famílias com crianças de até 3 anos incompletos. O benefício deverá ser pago por criança nessa faixa etária, mas o valor ainda não foi divulgado e o limite será de cinco benefícios por família.
  • Benefício Composição Familiar: para famílias que tenham gestantes ou pessoas de 3 a 21 anos de idade – atualmente, o Bolsa Família limita o benefício aos jovens de até 17 anos. O governo diz que o objetivo é incentivar esse grupo adicional a permanecer nos estudos para concluir pelo menos um nível de escolarização formal. O limite também será de cinco benefícios por família.
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: esse benefício entra em cena quando, após computadas as "linhas" anteriores, a renda mensal per capita da família ainda estiver abaixo da linha de extrema pobreza. Neste caso, diz o governo, não haverá limitação relacionada ao número de integrantes do núcleo familiar.

Além do chamado "núcleo básico", o programa Auxílio Brasil terá outros seis benefícios. Segundo o Ministério da Cidadania, eles entram em vigor imediatamente e já serão pagos à base atual do Bolsa Família:

  • Auxílio Esporte Escolar: destinado a estudantes com idades entre 12 e 17 anos incompletos que se destaquem nos Jogos Escolares Brasileiros e já sejam membros de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil. O auxílio será pago em 12 parcelas mensais ao estudante e em parcela única à família do estudante, diz o Ministério da Cidadania.
  • Bolsa de Iniciação Científica Junior: para estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas e que sejam beneficiários do Auxílio Brasil. A transferência do valor será feita em 12 parcelas mensais. Não há número máximo de beneficiários por núcleo familiar.
  • Auxílio Criança Cidadã: segundo o Ministério da Cidadania, será direcionado ao responsável por família com criança de zero a 48 meses incompletos que consiga fonte de renda, mas não encontre vaga em creches públicas ou privadas da rede conveniada. O valor será pago até a criança completar 48 meses de vida, e o limite por núcleo familiar ainda será regulamentado.
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: pago por até 36 meses aos agricultores familiares inscritos no Cadastro Único. No primeiro ano, após carência de três meses, o pagamento será condicionado à doação de alimentos para famílias em vulnerabilidade social atendidas pela rede de educação e assistência social. Os municípios terão de firmar termo de adesão com o Ministério da Cidadania.
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: quem estiver na folha de pagamento do programa Auxílio Brasil e comprovar vínculo de emprego formal receberá o benefício. O recebimento é limitado a um auxílio por família.
  • Benefício Compensatório de Transição: para famílias que estavam na folha de pagamento do Bolsa Família e perderem parte do valor recebido na mudança para o Auxílio Brasil. Será concedido no período de implementação do novo programa e mantido até que o valor recebido pela família seja maior que o do Bolsa Família ou até que não se enquadre mais nos critérios de elegibilidade.

 

Cobras imobilizam funcionário do Instituto Vital Brazil, RJ; veja vídeo

  'Fiquei tranquilo', disse funcionário imobilizado. Biólogo e a cobra estão bem e não se machucaram. D u as serpentes píton imobili...