sexta-feira, 20 de setembro de 2019

‘Recomendo que ele trabalhe mais e tuíte menos’, diz Doria a Bolsonaro


O presidenteJair Bolsonaro e o governador Joāo Doria entraram novamente em rota de colisāo nesta sexta-feira. O atrito se deu pelo anúncio doinvestimento de 1 bilhāo de reais na fábrica em Sorocaba (SP) feito ontem pela CEO da Toyota na América Latina, Masahiro Inoue, em conjunto com Doria, que está em viagem oficial no Japāo.

Em busca de uma notícia positiva na área ambiental, o presidente tentou colher os louros do anúncio, dizendo que ele é resultado do programa RenovaBio, criado durante o governo Temer para estimular a produção de etanol no Brasil. Em abril, a Toyota anunciou o lançamento do carro Corolla com tecnologia híbrida flex – a primeira no mundo – que se move por eletricidade, gasolina e etanol. O aporte para a fabricação do carro seria de 1 bilhāo de reais aplicado na fábrica de Indaiatuba (SP).

Nesta quinta-feira, a empresa japonesa divulgou um novo investimento, também de 1 bilhåo de reais, para a produçāo de um novo carro, provavelmente um SUV compacto, que será comercializado no Brasil a partir de 2021. O automóvel também deve vir na opçāo híbrida flex, mas os detalhes dele ainda estão guardados em sigilo. Em sua live semanalno Facebook, Bolsonaro questionou o fato de a imprensa nāo ter citado o seu nome na divulgaçāo do empreendimento.

Doria rebateu o presidente, dizendo que ele confundiu os dois anúncios de investimento e que neste último ele nāo teve nenhuma participaçāo.

“Ele confundiu os projetos. Eu recomendo ao presidente que trabalhe mais e tuíte menos. Agora nāo é hora de dissidências. Eu nāo quero entrar em polêmicas nem estimula-las”, afirmou o governador em Tóquio.

Ao ler a postagem, auxiliares do governador de irritaram e disseram que Bolsonaro “tentou sentar na janelinha” sem ter feito nada. Na conversa, Doria ainda lembrou que convidou Bolsonaro para acompanhá-lo em uma viagem à China, mas o presidente declinou do convite.

VEJA.com