sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Secretário da Cultura de Bolsonaro é demitido após copiar fala de nazista

© Reprodução/Reprodução Secretário Nacional da Cultura, Roberto Alvim, parafraseia Goebbels em vídeo

O secretário especial de Cultura do governo do presidente Jair BolsonaroRoberto Alvim, foi demitido do cargo nesta sexta-feira, 17. Alvim deixa o cargo depois da divulgação de um vídeo em que copiou um discurso do nazista Joseph Goebbels, ministro da propaganda de Adolf Hitler, para anunciar a criação do Prêmio Nacional das Artes.

Antes da confirmação da demissão, feita por Bolsonaro pelo Twitter, interlocutores do Palácio do Planalto e congressistas próximos ao governo Bolsonaro diziam que a situação do secretário era insustentável e davam como certa a exoneração. A oficialização da demissão sairá em edição extra do Diário Oficial da União nesta sexta. Informações da Veja.com